Cuidar bem da água e usá-la com sabedoria é uma necessidade cada vez mais presente. Afinal, esse insumo tão precioso está cada vez mais escasso.

A ONU estima que, nos próximos 25 anos, dois em cada três habitantes do planeta vão enfrentar problemas no abastecimento de água limpa.

Principais causas: crescimento populacional, poluição das águas, desperdício na distribuição e no uso, e mudanças climáticas.

Por isso, síndicos, funcionários e moradores de condomínio devem fazer a sua parte, usando com consciência esse bem tão precioso.

Confira algumas medidas para a economia de água em condomínios: 

  • Hidrômetros individuais podem auxiliar na conscientização 
    O sistema mais tradicional é o condomínio ratear o gasto total de água entre os moradores. Com os hidrômetros individuais, cada apartamento paga apenas o que consumir, portanto há uma motivação para que cada pessoa ou família adote hábitos que diminuam o uso de água; 
  •  Procure os vazamentos
    Programe inspeções constantes para detectar possíveis vazamentos.
    Fiscalize periodicamente todas as válvulas e torneiras do edifício. Se for observado qualquer tipo de vazamento, providencie o reparo pelo condomínio ou, se for o caso, passe para o apartamento responsável;
  •  Instrua os porteiros, faxineiros e zeladores sobre como economizar água
    Substitua o esguicho pela vassoura, na limpeza de pisos na área externa. O resultado é o mesmo. Para áreas internas, como hall e salão de festas, um pano umedecido em um balde com água e produto de limpeza é a melhor solução;
  •  Vasos sanitários não podem ser esquecidos
    As bacias com válvulas mais antigas soltam entre 12 e 24 litros de água por descarga. Já os vasos mais modernos, com caixa acoplada, despejam apenas 6 litros. 
  • Conscientize moradores para esta causa
    Espalhe nas áreas comuns do prédio, lembretes sobre dicas simples que, quando adotadas em conjunto, diminuem o consumo de água e as contas.
    Por exemplo: não demorar no banho, usar a máquina de lavar roupas somente na capacidade total, fechar a torneira ao escovar os dentes, etc; 

 

Agora que você já conhece medidas para a economia de água no seu condomínio, adote-as e contribua para a preservação do planeta!