Como prevenir seu condomínio das chuvas de verão

Calor, férias e diversão. O verão é umas das estações mais aguardadas do ano para muitas pessoas. Além de toda euforia, o verão traz consigo as “chuvas de verão”, quem podem acarretar alguns transtornos dentro dos condomínios.

Infiltrações, quedas de árvores, entupimentos de canos e calhas, queima de aparelhos eletrônicos e alagamentos são alguns dos problemas que as chuvas podem trazer para os condomínios.

Diante desse cenário, é fundamental preparar seu condomínio para essa época, buscando assim reduzir os danos ao mínimo e evitar estragos.

 

 

 

  • Faça a limpeza regularmente de ralos, tubulações e calhas do condômino: A inundação ainda é um dos problemas mais comuns durante o período de chuvas. A falta de manutenção nesses locais, e um aumento do fluxo de água pode levar a entupimentos e causar enormes estragos.

 

  • Realize a inspeção de lajes e telhados: Impermeabilização telhados, lajes e coberturas é extremamente importante para evitar vazamentos, verificando se está em boas condições, se há rachaduras, falhas, concentração de mofo ou telhas soltas.

 

  • Poda de árvores: Quedas de árvores são muitos comuns com fortes ventos que acompanham o período de chuvas. É possível agendar com a prefeitura a poda de árvores localizadas próximas da fiação elétrica, estacionamentos e espaços de convivência, e há muitas empresas especializadas para esse serviço.

 

  • Condôminos também tem papel importante: O papel dos condôminos começa tomando atitudes simples, como manter as áreas comuns limpas, certificando-se de despejar embalagens, papeis e demais resíduos e lixo em lixeiras e locais adequados.

Em dias de chuva forte, todos devem se manter longe de piscinas ou campos mais abertos do condomínio e redobrar a atenção. É muito importante que se evite transitar pelas áreas mais baixas, como subsolos e garagens. Evite entrar com o carro na garagem se a entrada estiver comprometida com a força da água.

 

Fonte: Revista Área Comum, Vinteum e LugarCerto