Descarte incorreto de óleo em condomínios pode custar caro

descarte-oleo-condominio

descarte-oleo-condominio

 

O descarte incorreto do óleo que usamos na cozinha pode ser prejudicial para o meio ambiente e também para o seu bolso.

 

Se um litro de óleo entrar em contato com um rio, por exemplo, pode contaminar 1 milhão de litros de água.

Mas os danos não ficam apenas para o meio ambiente. O óleo descartado de forma incorreta pode custar caro para o seu bolso.

Se caso ocorrer o acúmulo de óleo descartado incorretamente na caixa de gordura, ela deixa de cumprir sua função e contribui para o entupimento do encanamento, resultando em transtornos para todos os moradores e gastos com despesas extras.

 

O que o condomínio pode fazer para solucionar esse problema?

Primeiramente é importante que o síndico informe a todos os moradores a importância do cuidado com o descarte do óleo de cozinha, mostrando que é prejudicial tanto para o meio ambiente quanto para todos que moram no condomínio.

É interessante também que o condomínio disponibilize para os moradores em algum espaço comum uma bombona com um funil. Dessa maneira, os condôminos criam o hábito de armazenar o óleo utilizado e depois despejam dentro da bombona.

 

Como armazenar?

O óleo de cozinha usado deve ser armazenado em uma garrafa PET ou de vidro (com tampa), onde poderá ser reaproveitada e utilizada novamente.

Lembrando que na hora de armazenar, é importante esperar o óleo esfriar cerca de 30 minutos após o aquecimento, e coá-lo antes de transferi-lo para uma garrafa.

Para o restinho de óleo que sobrou na panela, deve-se passar um papel toalha para absorvê-lo e descartar o papel na lixeira de resíduo não reciclável.

 

Como realizar o descarte?

Quando a bombona do condomínio estiver cheia, basta o condomínio ligar para uma empresa que venha recolher esse óleo.

O descarte correto além de evitar entupimentos, desgastes e prejuízos nas tubulações, faz com que um material sem finalidade vire tintas, verniz, ração para animais ou até biodiesel.

Algumas empresas trocam óleo por produtos de limpeza ou sabão, assim economizando ainda mais com as despesas do condomínio.

Gostou do post? Acesse nosso blog e encontre mais conteúdo como este.